Growth Hacking: entenda o que é e como essa estratégia ajuda a sua empresa 

Compartilhe esse conteúdo:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin
Share on reddit
Share on telegram

Growth Hacking: entenda o que é e como essa estratégia ajuda a sua empresa

Growth Hacking é a nova tendência de estratégia de gestão e marketing de empresas em todo o mundo. Criado em 2010 por Sean Ellis (que fez crescer o Dropbox e o LogMeIn, e é fundador do Qualaroo e do GrowthHackers), Growth Hacking se trata de encontrar oportunidades de crescimento do negócio através de experimentos com tentativa e erro. Ao acertar na estratégia e no experimento, é possível crescer a empresa com passos firmes, rapidamente e com custos menores.

Mas de que tipo de experimentos de Growth Hacking estamos falando?

Basicamente, de todo tipo de oportunidades que a sua equipe veja que possam somar para o crescimento da empresa! O mais importante no Growth Hacking é ter um objetivo claro para poder fazer um experimento controlado, que tenha sentido e que apresente resultados que possam ser analisados depois. Por exemplo, se a sua empresa quer aumentar a conversão de leads através do site, você pode fazer experimentos com landing pages, e-mail marketing, chamadas para a ação, entre outras estratégias de marketing digital que tornem essa meta uma realidade.

No Growth Hacking, errar não é errado! Mesmo que um experimento não dê muito certo, os dados coletados sempre serão úteis para descobrir novas características do negócio e para criar outra estratégia que tenha um melhor desempenho. Por isso, normalmente os experimentos feitos com o Growth Hacking são em pequena escala e, quando a hipótese inicial é confirmada, são replicados em um âmbito maior para causar um impacto real no crescimento da empresa. No exemplo das landing pages, é possível começar com apenas uma e, ao ver resultados positivos, implementar mais em outras sessões do site.

Como implementar o Growth Hacking na empresa?

O Growth Hacking não é só uma estratégia de marketing e gestão, mas também é uma maneira diferente de pensar o seu negócio. Por isso, para implementá-lo não basta só criar uma campanha publicitária ou fazer atualizações no site da empresa, até porque as estratégias de Growth Hacking podem ser aplicadas em qualquer departamento de uma organização. Toda empresa, seja grande ou pequena, possui brechas que podem se transformar em boas oportunidades de crescimento.

O Growh Hacking tem como passos principais: a identificação do problema, a criação da estratégia e da hipótese, os experimentos em si, a análise de resultados, e os próximos passos.

  1. Identificação do problema: nessa etapa, a equipe de Growth Hacking deve identificar os problemas da empresa que, se melhorados, terão impacto no crescimento do negócio. Pode ser, por exemplo, a geração de leads através do e-mail ou do botão de contato do WhatsApp, ou o aumento das vendas pelos canais online da empresa, etc.
  2. Criação da estratégia e da hipótese: sabendo qual é o problema que precisa solucionar, agora a equipe de Growth Hacking deve criar uma estratégia que possa resultar na confirmação de uma hipótese (meta) bem clara. Por exemplo, “mudar o horário de envio do e-mail marketing para as 09h vai aumentar o engajamento de leads em um 20%.
  3. Aplicação do experimento: o passo seguinte é fazer o experimento. Vale destacar que é possível fazer mais de um experimento por vez, mas é importante que os objetivos sempre sejam concretos, com resultados que possam ser analisados (dados reais) e que sempre exista ao menos um profissional dedicado a cada um dos testes realizados
  4. Análise dos resultados: depois de feito o experimento, é hora de verificar quais foram os resultados. É ideal usar softwares e ferramentas de analytics para coletar dados diários, semanais, mensais, ou durante o período que se decida aplicar a estratégia. Estes dados devem ser analisados para ver se o plano realmente funcionou e se a hipótese inicial foi confirmada
  5. Próximos passos: se o experimento funcionar, o próximo passo será replicar em grande escala para gerar um maior impacto ao crescimento da empresa. Se não funcionar, é importante analisar os dados para identificar quais foram as falhas, e assim criar outra estratégia que possa ser mais útil para aquele objetivo.

Conclusão

A característica fundamental de um bom Growth Hacking é procurar fazer experimentos rápidos e com custos baixos, que gerem bons resultados. Aplicar este método é garantia de um lucro mais seguro para a empresa, com um crescimento consistente e melhoria constante.

Que tal começar agora a dar os primeiros passos e focar no crescimento do seu negócio? Para aplicar as suas estratégias de Marketing Digital, você pode contar com a Ilha Tecnologia. Somos especialistas nesse assunto!

Gostou desse conteúdo? Clique abaixo e compartilhe com alguém que vai se interessar!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email
Share on reddit

Assine Nossa Newsletter

Fique por dentro dos conteúdos da Ilha